segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Friendship Protocol


Ontem fui ao cinema e vi o trailer do filme Missão Impossível: Protocolo Fantasma. Exagero só. Entretenimento puro. Pois é... Acho que tenho levado a vida, as coisas e as pessoas a sério demais e, por isso, tudo parece estar desabando e me sinto frustrada, revoltada, cheia de desgosto e má vontade. Ficar assim não combina comigo e acho que encontrei uma forma de externar o que penso.

Nunca curti essa coisa de regras de etiqueta, mas o que seria do mundo se não houvesse regras? Regras de conduta no mundo em que vivemos é no mínimo essencial. Até os bichos, plantas e tudo quanto existe no mundo funciona num sistema complexo de regras depreensíveis. 

Meus amigos - ou pelo menos quem se autointitula ou foi condecorado com a "honraria" - me conhecem e sabem que meu conceito de amizade é regido pelos mais elevados princípios da lealdade e da sinceridade. Assim,  para fins didáticos (e divertidos, porque eu brinco com coisa séria), criei esse friendship protocol para elucidar os aventureiros que quiserem receber esse título.

1) Se você não puder dizer qualquer coisa - absolutamente qualquer coisa - para a pessoa, não a chame de amigo. Amigo você manda ir se f*der, ir pra p*ta que pariu e ficar tudo bem em 5 minutos. Isso inclui a verdade: seu cabelo tá um horror, cê tá com um bafo, você peida fedendo, ninguém aguenta o cheiro da sua merda, etc... 

2) Você faz distinção entre amizade virtual e amizade "normal"? Aliás, se você acha que amizade é cutucar no Facebook, dar uns retweets no Twitter de vez enquando, colega, reveja seus conceitos. Amigo de verdade faz tudo isso... e telefona, vai na sua casa, te convida pra sair. Geração y que conhece o cônjuge no Facebook vai gerar um monte de Facebooksons mas nenhum amigo de verdade.

3) Aceite que ninguém é perfeito. Se seu amigo tem defeitinhos condenáveis pela sociedade - é gordo, fala muito, não tem semancol - aceite ele assim. Não espere que ele vire as costas e ria dessas coisas com outro (pseudo)amigo que vocês têm em comum. Quebrar essa regra do protocolo é tão imperdoável quanto um crucio.

4) Não concorde com tudo que seu amigo faz ou fala. Amigo de verdade quebra o pau se for preciso para não deixar o outro entrar em roubada, fazer coisa errada ou agir errado com os outros. Fale sempre a verdade e se seu amigo não for capaz de aceitar, sejam apenas coleguinhas. Amizade é outra coisa...

5) NUNCA, JAMAIS EM TEMPO ALGUM misture amizade com dinheiro, negócios e... LIVROS! Onde existe interesses financeiros e/ou materiais sempre haverá um que se sentirá lesado por algum motivo. Mesmo porque, amizade não é um negócio no sentido estrito do termo! Se seu amigo precisar de dinheiro ou de um livro emprestado, qualquer coisa que te pertença, não empreste: DÊ. Assim você não fica puto se não receber de volta e se receber vai ficar mega feliz. Pedir não ofende e dizer não ou sim é bem simples. Se são amigos, dá para deixar bem clara essa regra para não acabar com amizade no final. Quebrar essa equivale a um avada kedavra! Sério!

6) Não trate de querido ou de amigo no virtual quem você não teria coragem de por dentro da sua casa. Sem mais.

7) Regra de ouro: pisou na bola? Seja humilde e peça desculpas. Se foi o outro que pisou com você seja franco e fala o que foi que te chateou. Engolir mágoa e amizade não combinam. Dali a pouco um está amaldiçoando o outro pelas costas. Isso pra mim não é amizade. É qualquer outra coisa.

8) Seja leal. Ser leal é defender seu amigo quando ele precisar. Se alguém falar mal dele, defenda! Se o ofenderem, se sinta ofendido. Não iluda JAMAIS seu amigo com falsas promessas. Se ele é brega e te chama para ir numa balada trash, fala que não curte! Ou então seja capaz de fazer esse sacrifício em nome da amizade - sem jogar na cara quando estiver com raiva, LÓGICO!

9) Se o seu amigo for capaz de te dar um olho grego de presente e vestir uma camisa escrito inveja 100% free, beleza. Inveja não combina com amizade DEFINITIVAMENTE! Admito ter MUITO preconceito de gente invejosa!

10) Última e mais importante regra: Preste atenção nos pequenos detalhes. É tão gostoso quando um amigão está longe e você vê algo que ele gosta muito e lembra dele com carinho. É muito bom saber ser sensível e oferecer um ombro amigo e apoio se você sente que seu amigo precisa da sua amizade. Procurar só quando VOCÊ está mal, precisa de um apoio moral ou favor te transforma num monstro egoísta e interesseiro. Também não curto esse "tipo de amigo". Todo mundo já ouviu falar que amizade não se compra. Mas há muitas "amizades" que têm seu preço... Fique esperto! Amizade mesmo é que nem Matercard: PRICELESS.

Às vezes eu penso que é uma missão impossível encontrar um amigo de verdade nesse mundo em que vivemos cheio de jogos de interesses, egoísmo e futilidade. Eu acredito, sinceramente, que o primeiro passo para encontrar amizade perfeita nos outros é oferecer amizade perfeita. Por isso, renovo aqui meus votos de continuar acreditando nessa possibilidade. Aos que aceitam os termos do protocolo, parabéns! O título é seu... PARA SEMPRE.



3 comentários:

Nana Pertence disse...

Infelizmente a vida adulta, a aspereza das coisas, a rotina, a correria, nos tomam toda a inocência que EU julgo necessária pra ter e se tornar um bom amigo. Humanos que somos, ainda que racionalizemos o contrário, somos egoístas, egocêntricos demais e SER amigo está condicionado a TER um amigo que faça por mim o que espero e não o que ele pode me dar. Vida...

Há a distância entre nós, há os olhares não trocados, apertos de mãos nunca dados. Há o silêncio virtual. Há muuuuuito barulho a nossa volta. Mas te considero. E espero que, no fundo, você saiba. Ainda que seja bem lá no fundinho, escondido.

Fica bem...

Cláudio disse...

Sempre ouvimos "tempo é dinheiro". Isto já diz o que é mais importante para o ser humano: dinheiro!
Por nunca dizem "tempo é amizade", "tempo é respeito", "tempo é dedicação"?
Quando te conheci, você ofereceu sua amizade. Eu tinha ficado muito feliz.
Fiquei muito surpreso, porque as pessoas não costumavam oferecer amizade a mim.

Mary Joe disse...

Nossa, achei lindo seu texto.
Caiu na minha vida em uma época em que ando questionando muita coisa.
Acho que vc tem o tom certo na hora certa.
Parabéns por isso.
Suas amigas tem sorte de ter vc como amiga.
Beijo carinhoso
Mary Joe