quinta-feira, 11 de junho de 2009

Top 5 - parte IV

Oi zentes! Vim postar rapidinho a 2ª colocada. Essa deveria, na verdade, ser a #1!! No meu coração e no de muita gente, aliás, ela é. Minha eleita de amanhã também tal vez seja uma escolha injusta, tamanha a beleza da que eu deixei ficar em 2º lugar. Amanhã, espero que vocês entendam...

Essa música é trilha sonora do dia dos namorados pra sempre! Acho que isso ficou ainda mais claro pra mim quando a MTV, na década de 90 - não sei se foi 92, não me lembro mais... - fez um especial dos Namorados daquele ano. A vinheta era essa música. O programa especial trazia vários artistas escolhendo as músicas mais românticas e declarando seu amor... Foi a melhor fase da MTV pra mim... Hoje em dia, não consigo mais assistir. Uma pena mesmo, foi uma época tão boa!

Parece muita coincidência que mais de uma música desse top 5 seja da década de 70, mas o que eu posso fazer se as melhores canções são da década em que eu nasci? Foi uma época em que ainda havia quem sabia fazer música de amor de verdade, sem ser baba demais, sentimental na dose certa. Mas o fato é que essa música, na verdade, foi feita na década anterior! Vamos entender melhor...

Se tínhamos aqui Sandy & Jr (talvez a comparação não seja muito feliz, reconheço - mas não pude evitar! xD), na época havia Karen & Richard - The Carpenters. Eles estiveram no topo das paradas americanas muitas vezes. Suas versões para canções famosas - tais como "Please, Mr. Postman" (The Marvelettes) e "Ticket to ride" (The Beatles) - foram e são até hoje muito reconhecidas. Inclusive, "Close to you", composta por Burt Bacharach e lançada em 1963, interpretada por Richard Chamberlain (ator americano muito famoso como Dr. Kildare (Alô, Dr. House!), mas em minha memória importalizado pelo personagem Ralph de Bricassart, em Pássaros Feridos - originalmente The Thorn Birds), com título original "They Long to Be Close to You". No mesmo ano, Dionne Warwick a interpreta e grava como demo, regravada no ano seguinte com novo arranjo do compositor para a cantora. A versão ficou registrada como Lado B da cantora (1965), em "Here I am". Curioso como uma canção, aparentemente obscura, tornou-se um grande hit na década seguinte, na voz de Karen...



Infelizmente, Karen sofria de um mal hoje bastante conhecido e tratável, se detectado precocemente: Anorexia nervosa. Veio a falecer, muito jovem, por complicações causadas por esse distúrbio...

P.S: Eu estava me lembrando que o dia 12/06 não é uma data especial para "nós" (eu e meu namorado), mas sim o dia 13/06... Amanhã vou contar tudo! Aguardem... ;)

4 comentários:

rodthegod disse...

o Richard tirou de um comercial de carro o arranjo , ele sofria de insonia , parabensssssssssss sua escolha foi mais que acertada , a song for you com eles tb eh phodassa

Gaby disse...

Feliz dia dos namorados!

Glamourando ♥ disse...

Ai, jura, fofa?
Super obrigada!
Coloquei mais fotos lá de um outro look em mais um dia de Fashion Rio. :D
Beeeijo!

Cláudio disse...

Adoro Carpenters, na adolescência ouvia escondido porque tinha fama no bairro de rocker, e se alguém me pegasse ouvindo isso seria o fim. Eles foram muito criticados em 1973, quando aceitaram um convite para se apresentar na Casa Branca para o presidente Richard Nixon, no auge da pressão em cima da pressão sobre este governo.
Realmente esta canção de Burt Bacharach ficou imortalizada da voz de Karen. Aliás, Burt está com 81 anos - e parece ter no máximo 65 - e recentemente tocou no Brasil.